ANÁLISE DA VIOLÊNCIA DOMÉSTICA A PARTIR DAS CATEGORIAS SOCIEDADE-FAMÍLIA-PESSOA: ESTUDO DE CASO DE UMA SENHORA EM ACOMPANHAMENTO PSICOTERAPÊUTICO DE ORIENTAÇÃO JUNGUIANA

Vinícius Farani López, Edilton Meireles de Oliveira Santos

Resumo


O presente artigo visa analisar, a partir de estudo interdisciplinar (direito, psicologia e sociologia), a violência doméstica como elemento complexo e multifacetado, sendo necessária a integração das categorias Sociedade, Família e Pessoa enquanto dimensões imprescindíveis para compreender tal realidade. Visa explorar o conceito da violência doméstica para além do debate de gênero, explorando os impactos em toda rede familiar. Se, para Bourdieu (2002), a dominação masculina está associada à naturalização da dominação do homem sobre a mulher, na perspectiva junguiana (Singer 1991), compreende-se tal fenômeno enquanto repressão do aspecto feminino na cultura, no qual homens e mulheres acabam por sofrer suas consequências. Tomando o caso da paciente Y, acompanhada ao longo de 3 anos em clínica psicológica, é possível compreender, em sua história, tanto os efeitos dos discursos e produções sociais, tais quais os impactos na família e na subjetividade dos envolvidos, reproduzindo, através de gerações, os dramas da violência doméstica.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista Direitos Fundamentais e Alteridade