POLÍTICA DE ESTADO OU DE GOVERNO? A REORIENTAÇÃO DA POLÍTICA EXTERNA BRASILEIRA SOB O GOVERNO BOLSONARO

João Victor da Motta Baptista, Artur Cruz Bertolucci, Ana Victória Klovrza Diogo

Resumo


Os diferentes governos na história da República brasileira realizaram mudanças na condução da política externa, em maior ou menor grau, compartilhando, todavia, certos objetivos e valores. Essa aparente continuidade era justificada por um suposto insulamento burocrático do Itamaraty. Entretanto, a política externa atual apresenta um sério questionamento a essa ideia, uma vez que marca sua mais significativa ruptura, a partir da eleição de Jair Bolsonaro e a chancelaria de Ernesto Araújo. Este artigo, em diálogo com o histórico de produções acerca da Política Externa Brasileira, pretende demonstrar como esta não é uma política de Estado, mas sim uma política de governo, questionando o pressuposto amplamente difundindo do insulamento burocrático do Itamaraty. Compreende-se que a política externa está sujeita a barganhas políticas inerentes ao funcionamento do Estado, assim como as demais políticas públicas, apesar do notável déficit democrático nas disputas de poder e influência sobre sua condução política. A partir da revisão bibliográfica sobre o papel do Itamaraty e a Política Externa Brasileira, o artigo debate a evolução da temática na agenda eleitoral nacional e analisa a política externa dos três primeiros semestres do governo Bolsonaro.

 


Palavras-chave


Política Externa Brasileira. Política pública. Insulamento. Déficit democrático. Jair Bolsonaro.

Texto completo:

PDF/A

Referências


AÉCIO Neves promete alinhar política externa à agenda comercial e retomar negociações de acordos bilaterais. Portal da Indústria, Brasília, DF, 30 jul. 2014. Disponível em: https://noticias.portaldaindustria.com.br/noticias/competitividade/aecio-neves-promete-alinhar-politica-externa-a-agenda-comercial-e-retomar-negociacoes-de-acordos-bilaterais/. Acesso em: 05 jun. 2020.

AMADO, R. A Política Externa no governo João Goulart. In: ALBUQUERQUE, J. A. G. (org.). Sessenta Anos de Política Externa Brasileira, 1930-1990. São Paulo: Núcleo de Pesquisa em Relações Internacionais da USP/Cultura Editores Associados, 1996. v. 1.

BAPTISTA, J. V. M. A Central Única dos Trabalhadores (CUT) e o Mercosul: conflitos e contradições da participação social nos governos Lula da Silva e Dilma Rousseff (2003-2014). 2020. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) – UNESP/UNICAMP/PUC, São Paulo, 2020. Disponível em: https://repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/192119/ baptista_jvm_me_mar.pdf?sequence=3&isAllowed=y. Acesso em: 14 dez. 2020.

BELLIX, L.; GUIMARAES, C. B.; MACHADO, J. Qual o conceito de governo aberto? uma aproximação aos seus princípios. In: CONGRESO INTERNACIONAL EN GOBIERNO, ADMINISTRACIÓN Y POLITICAS PÚBLICAS, 7., 2016. Madrid. Anais […] Madrid: GIGAPP, 2016. Disponível em: https://ceweb.br/media/docs/publicacoes/19/Qual%20 conceito%20de%20Governo%20Aberto-atualizado_03-out2016.pdf. Acesso em: 14 dez. 2020.

BENITES, Afonso. “Brasil deixou seu status na OMC para se agarrar a uma sinalização na OCDE. Não é prudente”. El País, Brasília, 12 out. 2019. Diplomacia. Disponível em: https://brasil.elpais.com/brasil/2019/10/11/politica/1570827156_314753.html. Acesso em: 18 jun. 2020.

BOLSONARO afirma que transferirá embaixada para Jerusalém até 2021. Folha de São Paulo, 03 fev. 2020. Mundo. Disponível em: https://www1.folha.uol.com.br/mundo/2020 /02/bolsonaro-afirma-que-transferira-embaixada-para-jerusalem-ate-2021.shtml. Acesso em: 19 jun. 2020.

BOLSONARO aprova venda da Embraer à estadunidense Boeing. Brasil de Fato, São Paulo, 11 jan. 2019. Disponível em: https://www.brasildefato.com.br/2019/01/11/bolsonaro-aprova-venda-da-embraer-a-estadunidense-boeing. Acesso em: 18 jun. 2020. b.

BOLSONARO atende Trump e vai ‘abrir mão’ de tratamento especial do Brasil na OMC, diz Itamaraty. G1, Brasília, 19 mar. 2019. Política. Disponível em: https://g1.globo.com/politica /noticia/2019/03/19/bolsonaro-atende-trump-e-vai-comecar-a-abrir-mao-de-tratamento-especial-do-brasil-na-omc-diz-itamaraty.ghtml. Acesso em: 18 jun. 2020. b.

BOLSONARO diz que trabalha para impedir vitória da oposição na Argentina. Veja, 10 out. 2019. Mundo. Disponível em: https://veja.abril.com.br/mundo/bolsonaro-diz-que-trabalha-para-impedir-vitoria-da-oposicao-na-argentina/. Acesso em: 18 jun. 2020. d.

BOLSONARO: Falarei com Congresso em caso de invasão na Venezuela pelos EUA. Exame, Brasília, 09 abr. 2019. Brasil. Disponível em: https://exame.com/brasil/bolsonaro-falarei-com-congresso-em-caso-de-invasao-na-venezuela-pelos-eua/. Acesso em: 18 jun. 2020. a.

BOLSONARO lamenta vitória de Fernández e diz que não vai cumprimentá-lo. UOL, São Paulo, 28 out. 2019. Internacional. Disponível em: https://noticias.uol.com.br/internacional/ultimas-noticias/2019/10/28/bolsonaro-lamenta-vitoria-de-fernandez-e-diz-que-nao-vai-cumprimenta-lo.htm. Acesso em: 18 jun. 2020.

BOLSONARO não participa da conferência climática da ONU. Diário de Pernambuco, 02 dez. 2019. Disponível em: https://www.diariodepernambuco.com.br/noticia/politica/2019 /12/bolsonaro-nao-participa-da-conferencia-climatica-da-onu.html. Acesso em 05 jun. 2020. a.

BOLSONARO reconhece Juan Guaidó como presidente da Venezuela. G1, 23 jan. 2019. Política. Disponível em: https://g1.globo.com/politica/noticia/2019/01/23/brasil-diz-que-reconhece-juan-guaido-como-presidente-da-venezuela.ghtml. Acesso em: 18 jun. 2020. c.

CARVALHO, Daniel. Bolsonaro diz que se Boeing desfizer acordo, Embraer poderá negociar com outra empresa. Folha de São Paulo, Brasília, 27 abr. 2020. Mercado. Disponível em: https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2020/04/bolsonaro-diz-que-se-boeing-desfizer-acordo-embraer-podera-negociar-com-outra-empresa.shtml. Acesso em: 18 jun. 2020.

CASARÕES, Guilherme. O papel do Itamaraty na definição da política externa do governo Collor de Mello. Revista Brasileira de Política Internacional, Brasília, DF, v. 55, n. 1, p. 135-153, 2012. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbpi/v55n1/a08v55n1.pdf. Acesso em: 14 dez. 2020.

CERIONI, C. Na ONU, Damares endossa posição contra aborto e pede paz para Venezuela. Exame, São Paulo, 25 fev. 2019. Disponível em: https://exame.com/brasil/na-onu-damares-endossa-posicao-contra-aborto-e-pede-paz-na-venezuela/. Acesso em 05 jun. 2020.

CERVO, Amado; BUENO, Clodoaldo. História da Política Exterior do Brasil. Brasília, DF: Editora UNB, 2002.

CHADE, Jamil. A ambígua relação do governo Bolsonaro com o multilateralismo. UOL, São Paulo, 11 mar. 2019. Disponível em: https://jamilchade.blogosfera.uol.com.br/2019/03/11/a-ambigua-relacao-do-governo-bolsonaro-com-o-multilateralismo/. Acesso em: 19 jun. 2020.

CHADE, Jamil. 100 dias que mudaram a posição do Brasil no mundo. UOL, Genebra, 10 abr. 2019. Disponível em: https://jamilchade.blogosfera.uol.com.br/2019/04/10/100-dias-que-mudaram-a-posicao-do-brasil-no-mundo/. Acesso em: 19 jun. 2020. a.

CHEIBUB, Zairo B.. Diplomacia e construção institucional: o Itamaraty em perspectiva histórica. Dados, Rio de Janeiro, v. 28, n. 1, 1985.

CRUZ-RUBIO, C. N. O que é (e o que não é) Governo Aberto? uma discussão conceitual. Revista Temas de Administração Pública, Araraquara, v. 10, n. 1, p. 129-148, 2015.

“ESSE governo tem percepção de um universo de ficção”, diz Ricupero. UOL, São Paulo, 28 abr. 2020. Política. Disponível em: https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2020/04/28/esse-governo-tem-percepcao-de-um-universo-de-ficcao-diz-ricupero.htm. Acesso em: 19 jun. 2020.

FARIA, Carlos A. P. de. O Itamaraty e a Política Externa Brasileira: Do Insulamento à Busca de Coordenação dos Atores Governamentais e de Cooperação com os Agentes Societários. Contexto Internacional, Rio de Janeiro, v. 34, n. 1, jan./jun. 2012. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/cint/v34n1/v34n1a09.pdf. Acesso em: 14 dez. 2020.

FARIA, C. F. Estado e organizações da sociedade civil no Brasil contemporâneo: construindo uma sinergia positiva? Revista Sociologia e Política, Curitiba, v. 18, n. 36, p. 187-204, 2010. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/rsp/article/view/31638/20168. Acesso em: 14 dez. 2020.

FICO, Carlos. O grande irmão. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2008.

FRAZÃO, Felipe. Governo Bolsonaro reconhece Jeanine Áñez como presidenta interina da Bolívia. O Estado de São Paulo, Brasília, DF, 13 nov. 2019. Internacional. Disponível em: https://internacional.estadao.com.br/noticias/geral,no-twitter-itamaraty-reconhece-jeanine-anez-como-presidente-interina-da-bolivia,70003087602. Acesso em: 18 jun. 2020.

GOVERNO Bolsonaro muda tradição e vota na ONU contra condenação a Israel por repressão a Palestinos. O Globo, Rio de Janeiro, 22 mar. 2019. Mundo. Disponível em: https://oglobo.globo.com/mundo/governo-bolsonaro-muda-tradicao-vota-na-onu-contra-condenacao-israel-por-repressao-palestinos-23543123. Acesso em 18 jun. 2020.

LABORDE, Antonia. Estudo do MIT não encontra evidência estatística de fraude nas eleições da Bolívia. El País, Washington, 28 fev. 2020. Internacional. Disponível em: https://brasil.elpais.com/internacional/2020-02-28/estudo-do-mit-nao-encontra-evidencia-estatistica-de-fraude-nas-eleicoes-da-bolivia.html. Acesso em: 18 jun. 2020.

LIMA, M. R. S. Aspiração internacional e política externa. Revista Brasileira de Comércio Exterior, n. 82, a. XIX, p. 4-19, jan./mar. 2005.

LIMA, Maria Regina Soares de. Relações interamericanas: a nova agenda sul-americana e o Brasil. Lua Nova, São Paulo, n. 90, p. 167-201, dez. 2013.

LOPES, Dawisson Belém; FARIA, Carlos Aurélio Pimenta. Eleições presidenciais e política externa brasileira. Estudos Internacionais, v. 2, n. 2, p. 139-148, jul./dez. 2014.

MARIANO, K. L. P. A participação das Centrais Sindicais no Mercosul (1991-2001). São Paulo: Cultura Acadêmica, 2011.

MARIANO, K. L. P. Parlamento do Mercosul, integração e déficit democrático. Século XXI, Porto Alegre, v. 4, n. 2, jul./dez. 2013.

MAZUI, Guilherme. Brasil assina acordo que permite aos EUA lançar satélites da base de Alcântara. G1, Brasília, DF, 18 mar. 2019. Política. Disponível em: https://g1.globo.com/ politica/noticia/2019/03/18/brasil-assina-acordo-que-permite-aos-eua-lancar-satelites-da-base-de-alcantara.ghtml. Acesso em: 18 jun. 2020.

MEDEIROS, Klei P.; VILLAS-BOAS, Vinícios; ANDRADE, Enrico. Política externa conservadora: uma nova matriz no Brasil? Le Monde Diplomatique Brasil, São Paulo, 21 mar. 2019. Disponível em: https://diplomatique.org.br/79475-2/. Acesso em: 19 jun. 2020.

MELLO, Flavia de Campos. Política externa brasileira e os blocos internacionais. São Paulo Perspectiva, São Paulo, v. 16, n. 1, p. 37-43, jan. 2002. Disponível em: https://www.scielo.br /scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-88392002000100005 . Acesso em: 14 dez. 2020.

MILANI, C. R. S; PINHEIRO, L. Política externa brasileira: os desafios de sua caracterização como política pública. Contexto Internacional, Rio de Janeiro, v. 35, n. 1, jan./jun. 2013. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/cint/v35n1/a01v35n1.pdf. Acesso em: 14 dez. 2020.

MILANI, C. R. S; PINHEIRO, L. The Politics of Brazilian Foreign Policy and Its Analytical Challenges. Foreign Policy Analysis, London, v. 13, 2017. Disponível em: https://carlosmilani.files. wordpress.com/2012/12/milani_pinheiro_fpa_2017.pdf. Acesso em: 14 dez. 2020.

MINISTRO do Meio Ambiente defende passar a “boiada” e “mudar“ regras enquanto a atenção da mídia está voltada para a Covid-19. G1, 22 mai. 2020. Política. Disponível em: https://g1.globo.com/politica/noticia/2020/05/22/ministro-do-meio-ambiente-defende-passar-a-boiada-e-mudar-regramento-e-simplificar-normas.ghtml. Acesso em: 19 jun. 2020.

MORAVCSIK, Andrew. Taking preferences seriously: a liberal theory of international politics. International Organization 51, [S. L.], n. 4, p. 513–553, autumn 1997. Disponível em: http://www.princeton.edu/~amoravcs/library/preferences.pdf. Acesso em: 14 dez. 2020.

MOURA, Gerson. Autonomia na Dependência. Rio de Janeiro: Ática, 1984.

NEGRÃO, Heloísa. Após Alemanha, Noruega também bloqueia repasses para Amazônia. El País, São Paulo, 16 ago. 2019. Brasil. Disponível em: https://brasil.elpais.com/brasil/ 2019/08/15/politica/1565898219_277747.html. Acesso em: 18 jun. 2020.

OLIVEIRA, J. A. Legislativo e política externa: das (in)conveniências da abdicação. Working Papers Caeni, São Paulo, n. 3, 2003.

OLIVEIRA, J.; ALESSI, G.; BEDINELLI, T. Política ambiental de Bolsonaro ameaça acordo com a UE e alarma até agronegócio exportador. El País, São Paulo, 17 ago. 2019. Meio Ambiente. Disponível em: https://brasil.elpais.com/brasil/2019/08/16/politica/15659 09766_177145.html. Acesso em: 18 jun. 2020.

A OPÇÃO Sul-Americana de Marco Aurélio Garcia. Outras Palavras, São Paulo, 21 jul. 2017. Disponível em: https://outraspalavras.net/sem-categoria/a-opcao-sul-americana-de-marco-aurelio-garcia/. Acesso em: 14 dez. 2020.

PARTIDO DOS TRABALHADORES. Bases do Programa de Governo, 1994. [S. L.: S. n.], 1994. Disponível em: https://fpabramo.org.br/csbh/wp-content/uploads/sites/3/2017/04/02-basesdoprogramadegov.pdf. Acesso em: 14 dez. 2020.

PARTIDO DOS TRABALHADORES. União do Povo Muda Brasil, 1998. [S. L.: S. n.], 1998. Disponível em: https://lae.princeton.edu/catalog/22b15564-d146-4e70-974b-dfd47c10d959?locale=pt-BR#?c=0&m=0&s=0&cv=0&xywh=-827%2C-172%2C3783%2C3420. Acesso em: 14 dez. 2020.

PASSARINHO, Nathalia. Como a política ambiental de Bolsonaro afetou imagem do Brasil em 2019 e quais as consequências disso. UOL, Londres, 31 dez. 2019. Meio Ambiente. Disponível em: https://noticias.uol.com.br/meio-ambiente/ultimas-noticias/bbc/2019/12/31/como-politica-ambiental-de-bolsonaro-afetou-a-imagem-do-brasil-em-2019-e-quais-as-consequencias-disso.htm. Acesso em: 18 jun. 2020.

PASSARINHO, Nathalia. EUA x Irã: o que o Brasil tem a ganhar ou perder ao apoiar Trump no conflito. BBC Brasil, São Paulo, 07 jan. 2020. Brasil. Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/internacional-51026485. Acesso em: 18 jan. 2020.

PECEQUILO, Cristina Soreanu. Teoria das relações internacionais: O mapa do caminho: teoria e prática. Rio de Janeiro: Alta Books, 2016.

PINHEIRO, Letícia; MILANI, Carlos R. S. Política externa brasileira: os desafios de sua caracterização como política pública. Contexto Internacional, Rio de Janeiro, v. 35, n. 1, p. 11-41, jan./jun. 2013. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/cint/v35n1/a01v35n1.pdf. Acesso em: 14 dez. 2020.

PUTNAM, Robert. Diplomacy and domestic politics: the logic of two-level games. International Organization, [S. L.], v. 42, n. 3, p. 427-460, 1988. Disponível em: https://www.jstor.org/stable/pdf/2706785.pdf?refreqid=excelsior%3A86a0af13600fb5e478ca8b9521d12073. Acesso em: 14 dez. 2020.

PUTTI, Alexandre. Eduardo Bolsonaro apoia invasão da embaixada da Venezuela em Brasília. Carta Capital, São Paulo, 13 nov. 2019. Política. Disponível em: https://www.cartacapital.com.br/politica/eduardo-bolsonaro-apoia-invasao-da-embaixada-da-venezuela-em-brasilia/. Acesso em: 18 jun. 2020.

QUERO, Caio. Para 'evitar promoção do aborto', Brasil critica menção à saúde reprodutiva da mulher em documento da ONU. BBC News Brasil, São Paulo, 26 mar. 2019. Disponível em https://www.bbc.com/portuguese/brasil-47675399. Acesso em 05 jun. 2020.

QUERO, Caio; PASSARINHO, Nathalia. Governo Bolsonaro ameaça prestígio internacional do país, dizem diplomatas brasileiros. BBC News Brasil, São Paulo, 31 mai. 2019. Brasil. Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/brasil-48402241. Acesso em: 18 jun. 2020.

RICUPERO, Rubens. O Brasil no mundo. In: SCHWARCZ, Lilia (org.). História do Brasil nação: 1808-2010. Rio de Janeiro: Objetiva, 2011. v. 1.

RICUPERO, Rubens. A diplomacia na construção do Brasil (1750-2016). Rio de Janeiro: Ed. Versal, 2017.

ROSENAU, James (org.). Domestic sources of foreign policy. Londres: Collier-Macmillan Limited, 1967.

SÁ, Nelson de. Imagem de Bolsonaro derrete no exterior, e mundo teme Brasil. Folha de São Paulo, São Paulo, 30 mai. 2020. Mundo. Disponível em: https://www1.folha.uol.com. br/mundo/2020/05/imagem-de-bolsonaro-derrete-no-exterior-e-mundo-teme-brasil.shtml. Acesso em: 18 jun. 2020.

SALATI, Paula. EUA retiram Brasil da lista de países em desenvolvimento; medida pode restringir benefícios comerciais. G1, Rio de Janeiro, 10 fev. 2020. Economia. Disponível em: https://g1.globo.com/economia/noticia/2020/02/10/eua-tiram-brasil-da-lista-de-paises-em-desenvolvimento-pais-pode-perder-tratamento-preferencial-em-negociacoes.ghtml. Acesso em: 18 jun. 2020.

SNYDER, R. C.; BRUCK, H. W.; SAPIN, B. (org.). Foreign policy decision making: an approach to the study of international politics. Nova Iorque: Free Press, 1962.

TREVIZAN, Karina. Encontro de Bolsonaro e Trump acende debate sobre tratamento especial na OMC; entenda. G1, Rio de Janeiro, 19 mar. 2019. Economia. Disponível em: https://g1.globo.com/economia/noticia/2019/03/19/encontro-de-bolsonaro-e-trump-acende-debate-sobre-tratamento-especial-do-brasil-na-omc-entenda.ghtml. Acesso em 18 jun. 2020.

ULHÔA, R. Serra ataca e diz que país pode virar Venezuela se Lula vencer. Folha de São Paulo, São Paulo, 11 out. 2002. Disponível em: https://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil /ult96u40275 .shtml. Acesso em 02 jun. 2020.

VALLADÃO, Alfredo. Política externa de governo Bolsonaro deve priorizar relações com países ricos. RFI, [S. L.], 05 nov. 2018. Disponível em: http://www.rfi.fr/br/brasil/20181105-o-mundo-agora. Acesso em: 19 jun. 2020.

VENTURA, D. As assimetrias entre o Mercosul e a União Europeia: os desafios de uma associação inter-regional. Barueri: Manole, 2003.

VERDÉLIO, A. Brasil formaliza saída da Unasul para integrar Prosul. Agência Brasil, Brasília, DF, 16 abr. 2019. Disponível em: https://agenciabrasil.ebc.com.br/internacional/ noticia/2019-04/brasil-formaliza-saida-da-unasul-para-integrar-prosul.Acesso em 05 jun. 2020.




DOI: http://dx.doi.org/10.25247/2447-861X.2020.n250.p502-533

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Cadernos do CEAS: Revista Crítica de Humanidades
CEAS | UCSal | UNICAP
PPG em Políticas Sociais e Cidadania
Av. Cardeal da Silva, 205 – Federação.
CEP. 40231-902, Salvador, Bahia, Brasil.
E-mail: cadernosdoceas@gmail.com
ISSN (online): 2447-861X 

 

INDEXAÇÃO/DIVULGAÇÃO

Bases de Dados/Diretórios

  |  | 

 

Portais

 |   |

 

Filiação/Suporte Técnico/Identificador

 |  | 

 

Plataforma

 

Redes Sociais