BARRAQUEIROS, AMBULANTES E FIEIS: ETNOGRAFIA VISUAL NAS FESTAS POPULARES E NO CARNAVAL DE SALVADOR DA BAHIA

Julie Sarah Lourau Silva

Resumo


Trata-se de um registro fotográfico, realizado durante uma etnografia que se estendeu entre 2003 e 2012, nas festas populares e no carnaval de Salvador. A atenção principal foi o registro do dito “comércio informal” durante as festas e sua evolução em função da época e das regulamentações da Prefeitura Municipal, que trabalha no sentido de padronizar o informal e “embalar” bem o carnaval. Existe também, neste registro, uma certa sensibilidade para com os fiéis e sua fé.

Palavras-chave


Etnografia visual. Festas populares. Carnaval. Religião. Comércio informal.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.