A CRISE CAPITALISTA E OS DESAFIOS DOS TRABALHADORES

Marcio Pochmann

Resumo


Na crise atual do capitalismo globalizado, iniciada em 2008, o sistema de exploração se defronta com novas possibilidades de protagonizar um novo salto no uso e remuneração da classe trabalhadora. A consolidação inédita do sistema de coordenação centralizada capitalista, com articulação e integração descentralizada da produção de bens e serviços pelo mundo, expõe a força de trabalho a formas cada vez mais sofisticadas de exploração. Em função disso, discute-se o tema da reorganização capitalista acompanhado do aparecimento de novas centralidades dinâmicas na economia mundial. Na sequência, descreve-se a exploração capitalista do trabalho através da terceirização e UBERização do trabalho no Brasil, bem como identifica-se a frustração das promessas apresentadas em relação às conquistas dos trabalhadores no ambiente de flexibilização e desregulação do sistema de proteção social e trabalhista.

Palavras-chave


Capitalismo. Trabalhadores. Exploração e proteção social.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.